Segunda-feira, 26 de Setembro de 2016

Paredes com rios dentro

MV5BMjI4Njc0MTQ0M15BMl5BanBnXkFtZTcwMTI1ODc0NQ@@._

Alisa Freyndlikh em Stalker (1979)


Amor, a partir de Tarkovski

O sonho dele é o meu, disse-me
apontando as paredes com rios
dentro – ou seriam mares
porque respirávamos a salgada cicatriz
da ferrugem nas portas arrebentadas?
 
 As paredes levadas pela correnteza,
o teto desabando enquanto dormia
para acordar soterrada, gritando,
gritando grávida de um pesadelo
em que não éramos nascidos.
 
O inverno fratura suavemente os ossos.
Na cama os lençóis enregelados.
A aragem do vazio na carne.
Os cachorros latindo enquanto uivo
metálico de uma locomotiva naufragada.
 
Por entre os escombros, erguia
para o luar os olhos esfacelados, para
a luminosa e nula aura de insônia –
a fria dor do mármore feito carne
e o delírio do mármore feito ardor.

Daniel Francoy

publicado por Clara Umbra às 20:56
link do post | comentar
Sexta-feira, 16 de Setembro de 2016

Quem nunca, de alguma forma, em algum tempo e lugar?

 

publicado por Clara Umbra às 00:01
link do post | comentar
Terça-feira, 13 de Setembro de 2016

Da memória

'Perdi a memória do cartão', ouvi há pouco.
É por isso que as melhores memórias se guardam nos olhos, nos ouvidos, na pele. Sobretudo na pele.
(Espécie de conselho à pequenada.)

publicado por Clara Umbra às 21:29
link do post | comentar
Segunda-feira, 12 de Setembro de 2016

Onde se diz que manter a amada no bolso é a única coisa a fazer porque o amor é a verdade

Um maravilhoso e acústico e não sei se já disse maravilhoso Jack White no Jimmy Fallon há três dias.

 

 

publicado por Clara Umbra às 14:02
link do post | comentar
Sábado, 3 de Setembro de 2016

Irritações

P1060986-cópia.JPG

Foto: Clara Umbra 

Alívio: Dois dias de setembro foram suficientes para varrer do feed do facebook frases com a chalaça 'agosto / a gosto'. 

P.S. Não, não a li escrita por amigos meus, tudo gente de bom gosto.

publicado por Clara Umbra às 17:54
link do post | comentar
Sexta-feira, 2 de Setembro de 2016

Buracos negros

Há buracos na Segurança Social, buracos em instituições bancárias, buracos em empresas, buracos em partidos políticos... De quem é a culpa? Do ozono. Foi o primeiro a lembrar-se de ter um.

(Vistoso e mediático, vá!)

publicado por Clara Umbra às 20:39
link do post | comentar
Quinta-feira, 1 de Setembro de 2016

A minha alma gémea é uma instituição bancária

Tenho tanto em comum com a Caixa Geral de Depósitos: tal como ela preciso de uma recapitalização e tal como ela chumbo em testes de stress (se mos fizerem).

publicado por Clara Umbra às 20:27
link do post | comentar

INTRO

DISCLAIMER

Este é um blogue de ficção. Qualquer semelhança com nomes, pessoas, factos ou situações da vida real terá sido mera coincidência. Ou fruto da imaginação do(a) leitor(a) - o que é bom.

DOWNBEAT

SEHNSUCHT

BACKYARD

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Julho 2015

Maio 2015

Dezembro 2014

Setembro 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Julho 2013

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

EMBERS

blogs SAPO

subscrever feeds

Sitiométrio

Add to Technorati Favorites