Sábado, 9 de Fevereiro de 2008

Clair de lune

Há um lado meu – muito primário, dou de barato – que gosta de imaginar que o Júlio Machado Vaz e a Ana Mesquita vão ter um romance. Ou vão para a cama, vá! Sob o luar de Serralves, até, por exemplo. Enfim, ideias não me faltam. É tão bom ouvi-los falar sobre sexo que eles têm de o saber fazer bem. Um com o outro, quero eu dizer.
Isto foram muitos anos à espera que isso acontecesse com o David e a Maddie.
publicado por Clara Umbra às 21:25
link do post | comentar
2 comentários:
De samueldabo a 10 de Fevereiro de 2008 às 21:59
Achei interessante a maquiavélica coincidência, e não resisti. Eu também me deixo enredar nessa teia subliminar que as palavras deles induzem no ouvinte. Só podem ter um caso. Acidental, por ventura.
De Clara Umbra a 10 de Fevereiro de 2008 às 22:16
Se já somos dois - está decidido: se não têm um caso, deviam ter. É bom que alguém os avise disso.

Comentar post

INTRO

DISCLAIMER

Este é um blogue de ficção. Qualquer semelhança com nomes, pessoas, factos ou situações da vida real terá sido mera coincidência. Ou fruto da imaginação do(a) leitor(a) - o que é bom.

DOWNBEAT

SEHNSUCHT

BACKYARD

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Julho 2015

Maio 2015

Dezembro 2014

Setembro 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Julho 2013

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

EMBERS

blogs SAPO

subscrever feeds

Sitiométrio