Segunda-feira, 1 de Setembro de 2008

2ª temporada

Como a maioria das pessoas, aproveito as férias do verão para pôr em dia as leituras que se foram acumulando desde setembro do ano passado, sobretudo as mais morosas, e particularmente as dos clássicos.

Como já vi em alguns blogues, apetece-me hoje partilhar uma passagem, retirada de dois clássicos que me alvoroçaram daquela forma que só os clássicos sabem fazer, quando devassam a nossa alma e nos mostram a nossa verdade. Foi na revista i-D  de setembro de 2007:

«It's exhausting being this fabulous.»; «You can only be young once. But you can always be immature.»

Pá, tudo bem, não é um Coleridge, dou de barato, mas anda lá assustadoramente perto.

[E agora alguém dizia "se anda lá perto é capaz de ser o Wordsworth...!" e seria uma piada de alto coturno que me deixaria de alma devassada como só as grandes piadas sabem fazer.]

[Ah! que saudades que eu tinha de mim mesma!]

 

publicado por Clara Umbra às 21:46
link do post | comentar
18 comentários:
De sangue azul a 1 de Setembro de 2008 às 23:21
Perdão, se anda "assustadoramente", tem que ser do H. G. Wells, no mínimo. Já se fosse "perigosamente", seria do Wilde. E quanto a coturno, tenho dito.
De Moyle a 1 de Setembro de 2008 às 23:49
andamos muito sturm und drang não andamos? este mês de Agosto não dá outra hipótese
De Clara Umbra a 2 de Setembro de 2008 às 01:31
Querido Moyle,
Andamos. E cortar o cabelo não resolve...
[o "querido" idem, ibidem]
De Moyle a 2 de Setembro de 2008 às 12:26
isso vai dar umas fotografias de casório altamente. eu sempre gostei de cemitérios:)
De Clara Umbra a 2 de Setembro de 2008 às 19:39
Apenas me escapa entre quem será celebrado esse casamento gótico...

Juro que não estou a perceber a anarquia que se instalou na ordem de entrada dos comentários a este post, mas por acaso gosto.
De Moyle a 2 de Setembro de 2008 às 21:46
é entre o johny depp e a helen bonham carter:) acho que o teu blog está a sofrer um ataque de bakuninite.
De Clara Umbra a 2 de Setembro de 2008 às 23:19
Psch! Partes-me o coração. pensei que era um pedido de casamento velado.
Talvez tenha hipóteses com o Bakunin... a cena da Aliança-qualquer-coisa...
De Moyle a 2 de Setembro de 2008 às 23:57
lamento honestamente o sofrimento causado :( não era minha intenção. mas sabes que a bigamia não é propriamente bem aceite na nossa sociedade. a culpa é do Pelágio.
De Clara Umbra a 3 de Setembro de 2008 às 01:19
Pobre Sérgio, o que fez ele? Gosto tanto de o ouvir tocar! E o que eu gosto da Hermengarda? É uma família que mexe verdadeiramente comigo... não sei!
De Moyle a 3 de Setembro de 2008 às 01:40
quem se mete com padres acaba por em doido. se calhar é trauma mas não confio nesses gajos, vejo-os como uma espécie de protopsicólogos e isso, muito sinceramente, nem com Couteiro Mor de '99 se engole.

[espero que não tenhas reparado na maneira como, mui airosamente, evitei referir o Sérgio]
De Clara Umbra a 4 de Setembro de 2008 às 00:54
Eu tenho trauma com as pessoas que em vez de dizerem trissilabicamente "por vezes" dizem "por vez" e enrolam o "z" para compensar as letras surripiadas.

E de um protopsicólogo precisa este país que não se cala com a prestação dos atletas olímpicos. Irra! Lei it go!
De Moyle a 4 de Setembro de 2008 às 12:20
To get a life! é disso que este país precisa:( descontentes com a própria as pessoas julgam-se no direito de interferir na dos outros.
De Clara Umbra a 5 de Setembro de 2008 às 01:04
Yap!
Move on!
[hmmm...acho que ele não nos ouve!]
:)
De Moyle a 5 de Setembro de 2008 às 01:06
suspeito que não, mas é só uma suspeita:)
De Clara Umbra a 2 de Setembro de 2008 às 01:29
Querido sangue,
E se andasse no "A" train, quem seria?
[o "querido" é de boas-vindas, favor não habituar]
De sangue azul a 2 de Setembro de 2008 às 22:04
Se andasse no "a"train, seria o Jack Kerouac. Esta é demasiado fácil...
De Clara Umbra a 2 de Setembro de 2008 às 23:25
Deve ter sido depois de andar no "a" train que ele escreveu o De vagões e vagabundos...Desisto, o sangue azul não falha.
De puxe-pasola a 3 de Setembro de 2008 às 00:17
Deixem correr o sangue...

Comentar post

INTRO

DISCLAIMER

Este é um blogue de ficção. Qualquer semelhança com nomes, pessoas, factos ou situações da vida real terá sido mera coincidência. Ou fruto da imaginação do(a) leitor(a) - o que é bom.

DOWNBEAT

SEHNSUCHT

BACKYARD

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Julho 2015

Maio 2015

Dezembro 2014

Setembro 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Julho 2013

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

EMBERS

blogs SAPO

subscrever feeds

Sitiométrio