Segunda-feira, 5 de Janeiro de 2009

Cooperação estratégica

(foto Clara Umbra)

publicado por Clara Umbra às 19:33
link do post | comentar
9 comentários:
De Moyle a 6 de Janeiro de 2009 às 10:50
Estava mesmo para desconversar aqui sobre o significado das migalhas na actual circunstância mas não o vou fazer porque achei seria repetitivo depois da entrevista do socas [a lembrar aqui um comentário a um post anterior mas em que usei o tamanco e não a soca] ontem à noite.
De Clara Umbra a 6 de Janeiro de 2009 às 20:56
Parece-me que o significado das migalhas em qualquer circunstância se plasma magistralmente nesse inefável, incontornável e inolvidável "Migalhas também são pão". A sabedoria popular coisa-me, a ti não?
De Moyle a 7 de Janeiro de 2009 às 00:11
coisa-me um bocado, realmente... o problema é que nem sequer dá uns beijinhos nem nada:D
De Clara Umbra a 7 de Janeiro de 2009 às 19:11
Compreendo-te. Sem beijinhos não dá. Só me aconteceu uma vez mas não gostei, ainda que só me tenha apercebido verdadeiramente de que não gostei mais tarde, isto é, na altura de coiso aceitei a situação. Eu sou perita em aceitar situações de que não gosto totalmente - fechando os olhos àquilo de que não gosto - sabe-se lá porquê. Isto não se deve estar a perceber nada, estou a falar para dentro, peço desculpa.
Mas, mudando de assunto, fechar os olhos às vezes não é mau, não concordas?
De Moyle a 7 de Janeiro de 2009 às 21:53
Fechar os olhos, às vezes, é fundamental... ignorance is bliss... mas eu gosto de ver o que se está a passar...

aceitar aquilo de que não se gosta tem o contra de que essas situações começam a acumular-se e depois não temos força suficiente para lutar contra elas... é que acabamos por saber que a culpa é nossa, por não termos reagido no primeiro momento... mas tudo depende das circunstâncias. falar é fácil...
De Clara Umbra a 7 de Janeiro de 2009 às 23:24
Já escrever, como diria o Lobo Antunes, é muito difícil...
;)
Sim, acho que, fundamentalmente, tens razão, mas "os humanos são difíceis de entender" como dizia, há uns anos, um bicho cómico (era um pelicano?) numa publicidade...
De Moyle a 7 de Janeiro de 2009 às 23:39
pombos, pelicanos... tens que fazer a seguir um post com um edredão:)
De guiga a 7 de Janeiro de 2009 às 10:44
Não gosto lá muito de pombo.. Se fosse um pardal, achava mais piada! loool
BOM ANO NOVO!!!!
Beijinhos *.*
De Clara Umbra a 7 de Janeiro de 2009 às 19:20
Para ser franca, os pombos deixam-me dividida: por um lado, é sabido que transmitem uma quantidade de doenças assustadora e danificam terrivelmente os monumentos com o seu produto interno (bruto, poder-se-ia acrescentar), por outro lado, as carícias dos pares macho/fêmea e, sobretudo, anotícia de que «Antes do coito, alimentam-se mutuamente com uma massa regurgitada», que acabei de ler na wikipédia, conquista uma criatura romântica como eu... ;)
Bom ano! Beijinhos! :)

Comentar post

INTRO

DISCLAIMER

Este é um blogue de ficção. Qualquer semelhança com nomes, pessoas, factos ou situações da vida real terá sido mera coincidência. Ou fruto da imaginação do(a) leitor(a) - o que é bom.

DOWNBEAT

SEHNSUCHT

BACKYARD

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Julho 2015

Maio 2015

Dezembro 2014

Setembro 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Julho 2013

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

EMBERS

blogs SAPO

subscrever feeds

Sitiométrio